top of page

Sintomas depressivos em crianças e adolescentes: Como identificar? | Psicóloga Maisa Lanzarin

Separações, perdas e luto são vivenciados por todos nós ao longo da vida. No entanto, quando os episódios de tristeza têm maior intensidade e persistem além dos eventos específicos de adversidade e estresse, eles podem significar um transtorno de humor.

Diferentemente do que muitas pessoas acreditam, os transtornos de humor podem ser identificáveis não somente na adolescência, mas na infância também. Já durante este período podem ser percebidos sentimentos de angústia e desvalorização, tristeza exacerbada, perda de energia, perturbações do sono e do apetite.

Os sintomas dos transtornos de humor – culpabilidade, agitação ou desaceleração motora e falta de energia, queda no rendimento escolar e a falta de interesse em atividades das quais participava habitualmente – afetam o funcionamento da criança e do adolescente e perturbam diretamente suas relações com o meio, podendo alterar seriamente seu desenvolvimento psicocognitivo.

Enquanto no adulto o humor deprimido é um dos principais sintomas em transtornos desta classe, na criança e no adolescente pode prevalecer o humor irritável.

Os transtornos de humor são subdivididos em diversos tipos, de acordo com os critérios diagnósticos e devem ser avaliados por um profissional. Portanto, além dos sintomas já descritos, é importante que os pais estejam atentos a outros sinais, como humor persistentemente irritável ou zangado, quase todos os dias, que possa ser percebido por outras pessoas, como professores, por exemplo. A irritabilidade inclusive pode levar a episódios de descontrole emocional, com explosões de raiva recorrentes manifestadas pela linguagem e pelo comportamento (agressões verbais e físicas), consideradas desproporcionais em intensidade ou duração à situação ou à provocação. Gostaria de saber mais ou agendar um horário? Clique aqui para entrar em contato.


Yorumlar


bottom of page